CRESS PR – 11ª Região

Apresentação

CRESS PR

É o órgão de representação da categoria dos Assistentes Sociais, com área da jurisdição no Estado do Paraná. Como autarquia federal, regido pelas legislações vigentes e pelo Estatuto do conjunto CFESS/CRESS, tem por objetivos principais: fiscalizar, defender e disciplinar o exercício profissional dos Assistentes Sociais em prol da qualidade dos serviços prestados aos usuários.

Orgãos Administrativos

Diretoria

Composta pelos seis membros efetivos eleitos pela categoria, e a ela compete encaminhar as decisões do Conselho Pleno e da Assembléia Geral.

Conselho Fiscal

É composto por três membros eleitos com a competência de acompanhar e fiscalizar a execução orçamentária do CRESS 11ª Região.

Conselho Pleno

Formado por nove membros efetivos e nove membros suplentes eleitos pela categoria e a ele compete, entre outros, deliberar pela política de atuação do CRESS 11ª Região e no julgamento de processos ético-disciplinares, em primeira instância.

Endereços:

SEDE

Rua Monsenhor Celso, 154 – 13º andar – Centro

Curitiba – Paraná – CEP 80.010-913

Fone: (41) 3232-4725

SECCIONAL LONDRINA

Rua Piauí, 399, Sala 101 – Centro

Londrina – Paraná – CEP 86010-420

Fone: (43) 3324-1151

SECCIONAL CASCAVEL

Rua Paraná, 3033 – Centro

Centro Empresarial Formato

16º andar sala 161 – Cascavel /PR

CEP: 85810-010

Fones: (045) 3303-4487 – (041) 9 9144-5328

Assistente Social

Assistente Social

Profissional que atua nas expressões da questão social, formulando e implementando propostas para seu enfrentamento, por meio de políticas sociais públicas, empresariais, de organizações da sociedade civil e movimentos sociais. Profissional dotado de formação intelectual e cultural generalista crítica, competente em sua área de desempenho, com capacidade de inserção criativa e propositiva, no conjunto das relações sociais e no mercado de trabalho. Profissional comprometido com os valores e princípios norteadores do Código de Ética do Assistente Social.

Competências e Habilidades

A formação profissional deve viabilizar uma capacitação teórico-metodológica e ético-política, como requisito fundamental para o exercício de atividades técnico-operativas, com vistas à apreensão crítica dos processos sociais numa perspectiva de totalidade;

Análise do movimento histórico da sociedade brasileira, apreendendo as particularidades do desenvolvimento do capitalismo no país;

Compreensão do significado social da profissão e de seu desenvolvimento sócio-histórico, nos cenários internacional e nacional, desvelando as possibilidades de ação contidas na realidade;

Identificação das demandas presentes na sociedade, visando formular respostas profissionais para o enfrentamento da questão social, considerando as novas articulações entre o público e o privado.

Estes elementos estão em consonância com as determinações da Lei n. 8662, de 7 de junho de 1993, que regulamenta a profissão de assistente social e estabelece as seguintes competências e habilidades técnico-operativas:

  • Formular e executar políticas sociais em órgãos da administração pública, empresas e organizações da sociedade civil;
  • Elaborar, executar e avaliar planos, programas e projetos na área social;
  • Contribuir para a viabilizar a participação dos usuários nas decisões institucionais;
  • Planejar, organizar e administrar benefícios e serviços sociais;
  • Realizar pesquisas que subsidiem formulação de políticas e ações profissionais;
  • Prestar assessoria e consultoria a órgãos da administração pública, empresas privadas e movimentos sociais em matéria relacionada às políticas sociais e à garantia dos direitos civis, políticos e sociais da coletividade;
  • Orientar a população na identificação de recursos para atendimento e defesa de seus direitos;
  • Realizar estudos sócio-econômicos para identificação de demandas e necessidades sociais;
  • Realizar visitas, perícias técnicas, laudos, informações e pareceres sobre matéria de Serviço Social;
  • Exercer funções de direção em organizações públicas e privadas na área de serviço social;
  • Assumir o magistério de Serviço Social e coordenar cursos e unidades de ensino;
  • Supervisionar diretamente estagiários de Serviço Social.

Fonte: Diretrizes Curriculares do Curso de Serviço Social)

Seccional

Seccional de Londrina

Coordenador: Marcelo Nascimento de Oliveira
Tesoureiro: Rosângela Aparecida de Souza Costa Andrean
Secretário: Daniel Soares da Silva

Suplentes:
Luana Garcia Campos
Mileni Alves Secon
Gislaine Aparecida de Araújo Matoso Domingues

Coordenadora
Denise Maria Fank de Almeida
Secretária
Luana Garcia Campos
Tesoureira
Ana Lucia Sales Dias Baptista
Suplentes
Adriana Aparecida dos Santos, Ordália de Fátima Braganholi Ferreira
Cristina da Silva Souza Coelho.

Gestão 2017 – 2020

Gestão “Tempo de resistir: Nenhum direito a menos” –  2017 – 2020

DIRETORIA

Presidenta: Joziane Cirilo – Previdência Social – Curitiba
Vice-Presidenta: Elza Campos – Educação e Direitos Humanos – Curitiba
1ª Secretária: Marcia Oliveira – Educação – Curitiba
2ª Secretária: Tamíres Oliveira – Sócio-jurídico – Curitiba
1ª Tesoureira: Neiva Munhoz – Assistência Social – Araucária
2ª Tesoureira: Jucimeri Silveira – Educação, Direitos Humanos e Assistência Social – Curitiba

Conselho Fiscal:

Fernando Camara – Assistência Social – Rio Branco do Sul
Cleison Ayres – Habitação – Curitiba
Alexandre Macedo – Assistência Social – Curitiba

Suplentes:

Viviane Lara – Organização Popular – Curitiba
Elias de Sousa – Assistência Estudantil – Foz do Iguaçu
Inês Barbosa – Terceiro Setor e Assistência Social – Curitiba
Viviane Peres – Previdência Social – Londrina
Hemerson Maziero – Educação e Sócio-jurídico – Maringá
Marly Bavia – Assistência Social e Consultoria – Paranavaí
Tatiana Santos – Assistência Social – Pontal do Paraná
Ana C. Moreira – Previdência Social -Telêmaco Borba

 

História do Serviços Social

História do Serviço Social

O Serviço Social, como profissão liberal, surge no Brasil na década de 30, para intervir na questão social.

A fundação das primeiras Escolas de Serviço Social no Brasil, deu-se em São Paulo em 1936, Rio de Janeiro em 1937 e no Paraná em 1944.

Na trajetória da profissão, além da influência da Igreja Católica, influenciaram as ações dos profissionais o Serviço Social Europeu e o Norte Americano, dos quais destacamos a introdução do caráter científico dado à profissão de Assistente Social.

Ainda no percurso da profissão, fatores internos e externos levaram a um redimensionamento do fazer profissional, marcado tanto pelos novos paradigmas do conhecimento como pela reafirmação da direção política da profissão, principalmente face às novas demandas para o Serviço Social, também postas para o mundo do trabalho.

A 1ª Lei que regulamenta a profissão é a de nº 3252, 27 de agosto de 1957, sancionada através do Decreto nº 994, de 15 de maio de 1962, quais dispõe sobre o exercício da profissão de Assistente Social, também criam o Conselho Federal de Assistentes Sociais – CFAS e os dez primeiros Conselhos Regionais de Assistentes Sociais – CRAS, sendo que o Paraná tido como uma Delegacia Seccional, vinculava-se à 10ª Região junto a Santa Catarina e Rio Grande do Sul, com sede em Porto Alegre.

A Resolução CFAS nº 173/80, de 18/10/80, desmembrou e criou o Conselho Regional de Assistentes Sociais – CRAS 11ª Região, com área de jurisdição em todo o Estado do Paraná, com sua sede em Curitiba.

A 2ª Lei de regulamentação da profissão de nº 8662, aprovada em 07/06/03 traz inovações e avanços além de manter as conquistas anteriores, entre elas destaca-se a alteração das denominações CFAS para Conselho Federal de Serviço Social – CFESS e de CRAS para Conselho Regional de Serviço Social – CRESS.

Endereços e Telefones
Sede
R. Monsenhor Celso, 154, 13º andar
80.010-150 - Centro - Curitiba - PR
Ver um mapa »
(41) 3232-4725
Seccional Londrina
Rua Piauí, 399, sala 101 - Ed. São Paulo Towers
Londrina – Paraná – CEP 86.010-420
Ver um mapa »
(43) 3324-1151 / 3323-3837
Seccional Cascavel
Rua Paraná, 3033 – Centro Empresarial Formato
16º andar sala 161 – Cascavel/PR - CEP: 85810-010
Ver um mapa »
(45) 3303-4487 – (41) 9 9144-5328
Acesso rápido
RECEBA NOTÍCIAS DO CRESS
Cadastre seu e-mail: