Assistentes Sociais no combate à Discriminação Racial

 

Dia 3 de julho é o Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial, no Brasil. A data faz referência à aprovação da Lei nº 1.390, em 1951, mais conhecida como Lei Afonso Arinos, proposta pelo jurista, político e escritor mineiro, que determinou como infração penal o preconceito por questão racial.

Por isso, fundamentado nos princípios do Código de Ética da/o Assistente Social e, principalmente, no compromisso assumido pelo Conjunto CFESS/CRESS na campanha de gestão (2017-2020) “Assistentes Sociais no Combate ao Racismo”, o Conselho Federal e o Conselho Regional de Serviço Social (CRESS-PR) dão visibilidade à data.

É importante lembrar que o aprofundamento da desigualdade, o aumento da violência e a retirada de Direitos, afetam especialmente a população preta em situação de pobreza; e mulheres e jovens que vivem em territórios periféricos.

Portanto, para a/o assistente social é compromisso ético-político enfrentar o racismo no cotidiano de trabalho e nas lutas sociais, considerando também, outras expressões de desigualdade, especialmente de classe e gênero.

Confira o Cress em Movimento Especial Combate à Discriminação Racial, lançado em julho de 2018.

Assistentes Sociais atuam incansavelmente contra o preconceito, a discriminação, a desigualdade. Atuam por direitos, justiça e democracia, pela emancipação humana.

 

 

 

Endereços e Telefones
Sede
R. Monsenhor Celso, 154, 13º andar
80.010-150 - Centro - Curitiba - PR
Ver um mapa »
(41) 3232-4725
Seccional Londrina
Rua Piauí, 399, sala 101 - Ed. São Paulo Towers
Londrina – Paraná – CEP 86.010-420
Ver um mapa »
(43) 3324-1151 / 3323-3837
Seccional Cascavel
Rua Paraná, 3033 – Centro Empresarial Formato
16º andar sala 161 – Cascavel/PR - CEP: 85810-010
Ver um mapa »
(45) 3303-4487 – (41) 9 9144-5328
Acesso rápido
RECEBA NOTÍCIAS DO CRESS
Cadastre seu e-mail: